Os 7 Melhores louvores de Harpa Cristã – Os principais hinos para cantar junto

A Harpa Cristã é um hinário oficial da igreja Assembléia de Deus e reúne mais de 640 canções. Dentre elas estão várias músicas gospel populares e que muito tem a dizer da fé cristã no Brasil.

Esse estilo de louvor repercute em outras denominações religiosas e se tornou um dos nichos da música sacra para além do território brasileiro. Somente por aqui já dá para ver a sua fama. Afinal, mas rádios e na TV os hinos da Harpa Cristã são os mais tocados. Nas igrejas não costuma ser diferente.

7 louvores da harpa cristã

Acredita-se que ao ouvir o som da Harpa Cristã se tem um contato direto com Deus e se cria um momento propício para fazer agradecimentos e conversar com o Senhor, de modo a ampliar a fé.

Conheça aqui os 10 louvores mais populares – e os melhores – da Harpa Cristã.

1. Porque Ele Vive (Hino 545)

O hino Porque Ele Vive foi criado por Gloria Gaither como um testemunho da crença que teve em Deus nos momentos em que foi colocada à prova. Ela e seu marido desencorajados pelas dificuldades da vida e com um filho para chegar.

Nas vésperas do Ano Novo Glória sentiu que estava sendo visitada pelo Espírito Santo de Deus que a encorajou e a consolou a continuar mesmo diante de todas as dificuldades porque se ela tem fé deveria acreditar que o caminho do Senhor é sempre o mais certo.

Glória escreveu essas palavras compondo o hino e nos próximos anos sua vida foi tomada por alegria, confiança e o medo que sentia não passou daquela noite.

Deus enviou seu Filho amado
Pra perdoar, pra me salvar
Na cruz morreu por meu pecado
Mas ressurgiu e vivo com o Pai está

Porque Ele vive, posso crer no amanhã
Porque Ele vive, temor não há
Mas eu bem sei, eu sei, que a minha vida
Está nas mãos de meu Jesus, que vivo está

E quando, enfim, chegar a hora
Em que a morte enfrentarei
Sem medo, então, terei vitória
Irei à Glória, ao meu Jesus que vivo está

Porque Ele vive, posso crer no amanhã
Porque Ele vive, temor não há
Mas eu bem sei, eu sei, que a minha vida
Está nas mãos de meu Jesus, que vivo está

Porque Ele vive, posso crer no amanhã
Porque Ele vive, temor não há
Mas eu bem sei, eu sei, que a minha vida
Está nas mãos de meu Jesus, que vivo está

2. Grandioso És Tu (Hino 526)

O hino Grandioso És Tú foi criado por Carl Boberg, um pastor do parlamento sueco. A história conta que o Sr. Boberg estava passeando pela manhã, como de costume, quando uma tempestade tenebrosa caiu do céu sem aviso prévio.

Com o fim da tempestade e ao perceber que não haviam ocorridos nenhum estrago o Sr Boberg começou a recitar os versos desse hino em calma e paz, assim como é os momentos logo após uma tempestade.

Senhor, meu Deus, quando eu, maravilhado
Contemplo a Tua imensa criação
A Terra e o mar e o céu todo estrelado
Me vêm falar da Tua perfeição

Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!
Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!

Quando as estrelas, tão de mim distantes
Vejo a brilhar com vívido esplendor
Relembro, oh! Deus, as glórias cintilantes
Que meu Jesus deixou, por meu amor!

Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!
Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!

Olho as florestas murmurando ao vento
E, ao ver que Tu plantaste cada pé
Recordo a cruz, o lenho tão cruento
E no Teu Filho afirmo a minha fé

Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!
Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!

E quando penso que Tu não poupaste
Teu filho amado por amor de mim
Meu coração, que nele Tu ganhaste
Transborda, oh! Pai, de amor que não tem fim!

Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!
Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!

E quando Cristo, o amado meu voltando
Vier dos céus o povo seu buscar
No lar eterno, quero jubilando
A Tua santa face contemplar

Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!
Então minh’alma canta a Ti, Senhor
Grandioso és Tu! Grandioso és Tu!

3. Em Fervente Oração (hino 577)

O hino em Fervente Oração foi criado por Elisha Hoffman, um compositor e ministro presbiteriano. Na sua conta também são intitulados outros 200 hinos e mais de 40 livros cânticos. Essa canção é mais uma das do amplo e repertório desse músico que fez história na música sacra mundial.

Em fervente oração, vem o teu coração
Na presença de Deus derramar
Mas só podes fluir o que estás a pedir
Quando tudo deixares no altar

Quando tudo perante o Senhor estiver
E todo o teu ser Ele controlar
Só, então, hás de ver que o Senhor tem poder
Quando tudo deixares no altar

Maravilhas de amor te fará o Senhor
Atendendo à oração que aceitar
Seu imenso poder, te virá socorrer
Quando tudo deixares no altar

Quando tudo perante o Senhor estiver
E todo o teu ser Ele controlar
Só, então, hás de ver que o Senhor tem poder
Quando tudo deixares no altar

Se orares, porém, sem o teu coração
Ter a paz que o Senhor pode dar
Foi por Deus não Sentir que tua alma se abriu
Tudo, tudo, deixando no altar

Quando tudo perante o Senhor estiver
E todo o teu ser Ele controlar
Só, então, hás de ver que o Senhor tem poder
Quando tudo deixares no altar

4. Alvo Mais que a Neve (hino 38)

O autor desse popular hino cristão é  Éden Reeder Latta, mas poucas informações biográficas existem acerca desse fiel. Acredita-se que o compositor tenha vivido uma vida de completa adoração, passando por diversos mosteiros de sua região.

Bendito seja o Cordeiro
Que na cruz por nós padeceu
Bendito seja o Seu sangue
Que por nós ali Ele verteu

Eis nesse sangue, lavados
Com roupas que tão alvas são
Os pecadores remidos
Que perante seu Deus já estão

Alvo mais que a neve
Alvo mais que a neve
Se nesse sangue lavado
Mais alvo que a neve serei

Quão espinhosa a coroa
Que Jesus por nós suportou
Oh! Quão profundas as chagas
Que nos provam o quanto Ele amou

Eis nessas chagas pureza
Para o maior pecador
Pois que mais alvo que a neve
O Teu sangue nos torna, Senhor

Alvo mais que a neve
Alvo mais que a neve
Se nesse sangue lavado
Mais alvo que a neve serei

Se nós a Ti confessarmos
E seguirmos na Tua luz
Tu não somente perdoas
Purificas também, ó Jesus

Sim, e de todo pecado
Que maravilha de amor
Pois que mais alvo que a neve
O Teu sangue nos torna, Senhor

Alvo mais que a neve
Alvo mais que a neve
Se nesse sangue lavado
Mais alvo que a neve serei

5.Vencendo Vem Jesus (hino 525)

Esse hino foi escrito por Julia Wad How e seu marido, ambos cidadãos estadunidenses. A história conta que Júlia estava impaciente com as decisões acerca da abolição da escravidão, ela pacifista, era a favor.

Dias após o conflito histórico entre os estados que decidiu o fim da escravidão. A partir dali ela começou a integrar diversos movimentos de causas sociais e antes de falecer ganhou o título de Doutorado em Direito por honoris causa em homenagem às suas realizações humanitárias.

Nas mãos de seu marido a história de sua mulher se tornou hino sobre a volta de Jesus e a forma com que suas palavras se fazem valer em nossas vidas. O nome original do hino é “Battle Hymn” (Hino da Batalha), fazendo uma homenagem àqueles que lutam.

Já refulge a glória eterna
De Jesus, o Rei dos reis!
Breve os reinos deste mundo
Seguirão as suas leis!
Os sinais da sua vinda
Mais se mostram cada vez
Vencendo vem Jesus!

Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Vencendo vem Jesus!

O clarim que chama os crentes
A batalha já soou
Cristo, à frente do seu povo
Multidões já conquistou
O inimigo, em retirada
Seu furor já demonstrou
Vencendo vem Jesus!

Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Vencendo vem Jesus!

Eis que em glória refulgente
Sobre as nuvens descerá
E as nações e os reis da Terra
Com poder governará
Sim, em paz e santidade
Toda a Terra regerá
Vencendo vem Jesus!

Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Vencendo vem Jesus!

E por fim entronizado
As nações irá julgar
Todos, grandes e pequenos
O Juiz hão de encarar
E os remidos triunfantes
Lá no Céu irão cantar
Venceu o Rei Jesus!

Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória! Aleluia!
Venceu o Rei Jesus!

6. Mais Perto Quero Estar (hino 187)

O hino foi publicado a sua primeira vez em 841  pelo pastor Reverendo Fox. O hino foi popular em coleções britânicas de cânticos cristãos por ter uma mensagem inspirada no artigo 28 de Gênesis, na qual Senhor prometia bençãos para Jacó e sua família.

Mais perto quero estar
Meu Deus, de ti
Inda que seja a dor
Que me una a ti
Sempre hei de suplicar
Mais perto quero estar
Mais perto quero estar
Meu Deus, de ti!

Andando triste
Aqui na solidão
Paz e descanso a mim
Teus braços dão
Nas trevas vou sonhar
Mais perto quero estar
Mais perto quero estar
Meu Deus, de ti

Minh’alma cantará a ti, Senhor!
E em Betel alçará
Padrão de amor
Eu sempre hei de rogar
Mais perto quero estar
Mais perto quero estar
Meu Deus, de ti!

E quando Cristo, enfim
Me vier chamar
Nos céus com serafins
Irei morar
Então me alegrarei
Perto de ti, meu Rei
Perto de ti, meu Rei
Meu Deus, de ti!

7.A mensagem da Cruz (hino 291)

Esse hino foi uma composição de George Bennard. A inspiração da letra veio a ele em 1913 quando estava escrevendo um de seus livros de poemas. O Cântico trazia muitas frases que tudo tinham a ver com o seu passado de vida, carregado pelo fardo de se tornar feche de família aos 16 anos devido à morte dos pais.

O hino é somente um dos vários da criação desse famoso evangelista que, com seu testemunho de vida e talento para a arte, conseguiu fazer o coração de muitos – assim como faz até hoje.

Rude cruz se erigiu
Dela o dia fugiu
Como emblema de vergonha e dor
Mas contemplo essa cruz
Porque nela Jesus
Deu a vida por mim, pecador

Sim, eu amo a mensagem da cruz
‘Té morrer eu a vou proclamar
Levarei eu também minha cruz
‘Té por uma coroa trocar

Desde a glória dos céus
O Cordeiro de Deus
Ao calvário humilhante baixou
Essa cruz tem pra mim
Atrativos sem fim
Porque nela Jesus me salvou

Sim, eu amo a mensagem da cruz
‘Té morrer eu a vou proclamar
Levarei eu também minha cruz
‘Té por uma coroa trocar

Nesta cruz padeceu
E por mim já morreu
Meu Jesus, para dar-me perdão
E eu me alegro na cruz
Dela vem graça e luz
Para minha santificação

Sim, eu amo a mensagem da cruz
‘Té morrer eu a vou proclamar
Levarei eu também minha cruz
‘Té por uma coroa trocar

Eu aqui com Jesus
A vergonha da cruz
Quero sempre levar e sofrer
Cristo vem me buscar
E com Ele, no lar
Uma parte da glória hei de ter

Sim, eu amo a mensagem da cruz
‘Té morrer eu a vou proclamar
Levarei eu também minha cruz
‘Té por uma coroa trocar

Veja também:

Os mais belos louvores da Igreja Cristã Maranata

Salmo de louvor 

“Como é bom render graças ao Senhor e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo; anunciar de manhã o teu amor leal e de noite a tua fidelidade. Tu me alegras, Senhor, com os teus feitos; as obras das tuas mãos levam-me a cantar de alegria. Como são grandes as tuas obras, Senhor, como são profundos os teus propósitos!”

Salmos 92:1-5

Rafaela Trevisan Cortes

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content